Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

16
Dez21

O JORNALISTA J. ASSANGE


Oliveira

Com  devida vénia, transcrevemos o texto de A. Justo.

(A. G. Pires)

PODE SER EXTRADITADO PARA OS EUA

POR TER REVELADO CRIMES DE GUERRA

Manipula a informação e terás o povo na mão!

Julian Assange enfrenta até 175 anos de prisão por publicar documentos sobre crimes de guerra dos EUA no Iraque e Afeganistão. O sistema judicial britânico levantou (10.12.2021) a proibição de extradição de Assange (1) aos USA. 

Esperemos que o fundador do Wikileaks não seja extraditado para os Estados Unidos.

Aqui pode-se constatar um exemplo claro como os interesses do poder e das suas elites (instituições) são colocados acima dos interesses do povo e do desenvolvimento dos povos.

Não são os criminosos de guerra e os seus chefes que deveriam estar na prisão, mas sim os investigadores, os jornalistas que descobriram os crimes e os trouxeram à atenção do público que vão lá parar.

Em Portugal, há um caso semelhante contra Rui Pinto, que deve ser mantido em silêncio para que os detractores possam permanecer intocáveis (Também Rui Pinto com a sua plataforma "Football Leaks" ("Fugas de Futebol")  sofre um mau bocado por ter exposto escândalos ao público).

O controlo da informação forma a consciência das pessoas, que chegam sempre demasiado tarde para se aperceberem do que realmente se passa.

Os factos (vai-se distraindo o povo filosofando em torno deles) só são geralmente tomados a sério, passados 70-80 anos sobre eles. Deste modo protegem-se os detratores e protege-se o regime que com eles faz o seu negócio à custa de muita vítima inocente.

O grande afronto ao desenvolvimento da humanidade encontra-se precisamente travado por este dilema: defender os interesses de elites (e instituições organizadas) ou defender os interesses do bem comum e do verdadeiro progresso (que não o corrente “progresso” de que tanto se servem elites para se perpetuarem no sistema a custo do atraso do desenvolvimento popular e histórico).

Aqui não se trata de casos emblemáticos! De facto, a verdade que permanece é a que defende interesses institucionais ou ideológicos e não a da sensibilidade popular. Esta é limitada ao papel de observadora e aplaudidora da “procissão” que passa.

As elites sabem que nos encontramos todos demasiadamente perdidos nos próprios interesses para podermos dar valor aos interesses que nos determinam. Elas fazem o mesmo, mas como têm as mãos na massa servem-se dela.

O macabro da questão é que esclarecimento/informação  é interpretado como espionagem, como G. Orwells já tinha advertido no seu livro "1984".

E depois entretemos o povo a falar de ditadores e de ditaduras para escondermos o que se passa dentro da própria casa!...

António CD Justo

Notas em Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6940

__________________________________________________

A propósito ou despropósito de um

RENDEIRO

Tudo mostra que o ex-banqueiro João Rendeiro é um boy da classe que o Estado português quer ver depressa apagado ou fora dos muros de Lisboa!

Sócrates, como tudo leva a crer e pelos andares da Justiça, tinha muitos boysitos sistémicos com ele tendo sido mantido, por razões óbvias, entre muros!

Agora tudo fala de João Rendeiro, o que não é condenável! O problema só surge porque assim tudo olha para Rendeiro sem notar que o rei vai nu!

Rendeiros, Salgados, Sócrates e outros salgam a renda que só o povo português tem de pagar!

Os milhões são tantos que já só por isso os réus são salvos ou quando muito saem-se delas com penas simbólicas!

António CD Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6943

________________________________________________________

VACINAÇÃO DE CRIANÇAS ENTRE OS CINCO E ONZE ANOS?

O Comité Permanente de Vacinação alemã (STIKO) que desenvolve recomendações de vacinação para a Alemanha não faz nenhuma recomendação generalizda para crianças dos 5 aos 11 anos!

A STIKO recomenda a vacinação a crianças que tenham tido doenças anteriores e para crianças que tenham contacto com doentes de alto risco.

Thomas Fischbach, Presidente da Associação Profissional de Pediatras, considera a recomendação limitada a crianças com certas doenças crónicas como “razoável”. As crianças podem ser vacinadas se os pais e as crianças o desejarem.

Outras organizações ir-se-ão pronunciar sobre o assunto. A política revela uma certa pressa na vacinação de crianças!

O número de alunos com infecções Corona na Alemanha, na semana de 29 de novembro a 5 de dezembro tinha chegado a 103.000, o que significa um aumento de 10.000 em relacão à semana anterior, segundo informa o jornal HNA de 10.12.2021.

A vida de uma criança não vale menos do que a de um idoso mas é natural que deve haver mais precaução na vacinação de uma criança do que na de um idoso. O mecanismo de defesa natural da criança pode ser obrigado a reagir diferentemente do que o de um idoso.

António CD Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=6937

_______________________________________________________

DIA INTERNACIONAL CONTRA A CORRUPÇÃO

Corrupção é um atentado contra os direitos dos cidadãos

Neste dia, políticos falam de corrupção e de anti-medidas para inglês ver!!

Álvaro Santos Pereira, ex-ministro da Economia, chegou a afirmar que “a corrupção e o compadrio” tiveram um papel significativa na bancarrota do país.

A estratégia anticorrupção apregoada por António Costa faz lembrar o gato em torno do leite quente! Não é com mais 100 candidatos a inspectores ou com um concurso novo para mais 70 vagas de inspetores que se trata com seriedade um vício que é sistémico, a nível de estruturas partidárias e de Estado.

Ouvem-se promessas de medidas a tomar, de mais controlo, de mais burocracia quando o mais urgente a mudar é a química do sistema, a atitude pessoal, a mentalidade política, o coração da república. A anticorrupção deveria ser tratada como razão de Estado e incluída também nos programas dos partidos. Para isso a corrupção teria de ser tratada como atentado contra os direitos dos cidadãos.

A raiz do problema está nas instituições políticas e públicas e na promiscuidade económico-política bem como na cumplicidade entre os vários poderes e no clientelismo que leva até a manipular concursos públicos; para estas não se criam medias que as toquem.

A corrupção no país tem nomes, mas o povo não pode confrontar-se com isso.  As verbas da EU têm ajudado a classe política a viver à grande e à francesa e a manter o povo modestamente acomodado!

A má gestão não é por falta de competências! Pessoas competentes e com valor perdem-se nas universidades ou emigram perante um sistema de corporações instaladas; a hipótese é, ou meter-se nelas ou reduzir-se a pessoa meramente privada!

António CD Justo

Pegadas do Tempo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub