Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

06
Mai21

O amor de Deus para com todos


Oliveira

Proposta de Homilia para o 6.º domingo de Páscoa 2021 – ANO B

Domingo, 9 de Maio de 2021

Irmãs e irmãos, encontramos no Evangelho de hoje palavras de Jesus sobre o seu amor a Deus seu Pai. Vamos entrar nesse mundo do amor.

  1. O amor do Pai para com Jesus

     Evangelho

     Como o Pai me tem amor, disse Jesus, que sentiu o amor do Pai. Quando Jesus foi baptizado por João Baptista, no rio Jordão, ouviu-se do céu uma voz: “Este é o meu Filho muito amado” (Mt 3, 17). Também quando Jesus se transfigurou diante de Pedro, Tiago e João, deixando os três apóstolos extasiados pela sua beleza e encanto, o céu abriu-se e fez-se ouvir uma voz semelhante à do baptismo: “Este é o meu Filho amado em quem me comprazo, ouvi-o” (Mt 17,5). Jesus sentiu o amor do Pai, e disse: “como o Pai me tem amor”. Interessa-nos saber isto? Sim, porque o amor é o coração da nossa vida. E ser amado é indispensável a cada pessoa. 

      “Assim Eu vos amei”. Descobrimos que Jesus também nos ama, dizendo: “Assim Eu vos amei”. E esse amor entra pelos nossos olhos, quando vemos Jesus a partilhar a sua vida com a nossa vida pobre. E vemos Jesus a lavar os pés aos apóstolos, na última Ceia.

     Refiro aqui um pensamento de Teresa do Menino Jesus sobre o amor que ela sentiu da parte de Jesus. Esta santa viveu apenas 24 anos, no final do século XIX, e “iluminou toda a Igreja com a sua profunda doutrina espiritual”. Acerca dela disse o Papa Francisco numa catequese: “A História de uma Alma” é uma maravilhosa história de amor… No entanto, qual é o amor que preenche a vida de Teresa? Este amor tem um rosto, tem um nome, é Jesus!”. Disse Teresa: “Um só olhar no Evangelho, imediatamente respiro os perfumes da vida de Jesus e sei para onde correr (para Ele). Sinto-o, mesmo se tivesse na consciência todos os pecados…iria lançar-me nos braços de Jesus”.[1]  

  1. O amor de Deus para os pagãos

     Primeira leitura

     Com a entrada de Pedro na casa de Cornélio, a Igreja dá um passo em direção aos pagãos. Cornélio era um centurião romano, chefe de cem soldados; ele era muito piedoso, bem como toda a sua casa, e dava esmola aos pobres. Pedro sentiu-se chamado a ir ter com ele, e fez um discurso, para muitas pessoas nessa casa.

     Este acontecimento abre uma porta importante: a Igreja deve dirigir-se ao povo que não era o Povo de Deus. Assim se manifesta o amor universal. O amor de Deus destina-se a todas as pessoas.

  1. O amor de Deus entre nós.

Segunda leitura

São João sente que devemos amar-nos uns outros, “porque o amor vem de Deus, e todo aquele que ama nasceu de Deus”. E apresenta um motivo importante: “Se nos amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós”. Com amor gratuito, sem interesse por nós mesmos. Um crente não pode passar junto do ferido deixando-o no caminho, passando adiante sem cuidar do irmão, como aconteceu na parábola do samaritano: o sacerdote e o levita fizeram-se cegos diante de um ferido.

Eu julgo que temos exemplos bonitos de ajuda humanitária quando há uma catástrofe. O povo acode com ofertas generosas. O bem que se faz no mundo, tem inspiração no Evangelho; os direitos humanos e as bem-aventuranças nascem do Coração de Cristo, influenciando para bem, os critérios do mundo.  

     Este amor entre nós é o caminho aberto para o homem novo que nasceu da Páscoa. Com Cristo ressuscitado.

P. António Gonçalves, SDB

 

[1] Cf. Internet: Catequese do Papa: “Teresa do Menino Jesus e a Ciência do amor”.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub