Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

16
Abr21

Jesus Ressuscitado na sua Igreja


Oliveira

Proposta de Homilia para o 3.º domingo de Páscoa 2021 – ANO B

Domingo, 18 de Abril de 2021

 Irmãs e irmãos, como continuou a vida em Jerusalém após a ressurreição de Jesus?

  1. Jesus ressuscitado revela-se aos apóstolos.

Evangelho

 Os discípulos de Emaús reconheceram Jesus ressuscitado quando estavam à mesa. Jesus pegou no pão, abençoou-o, partiu-o e entregou-o a eles, que ficaram de olhos arregalados, e quando Ele desapareceu, disseram: Era o Senhor. E recordaram: enquanto Jesus caminhava connosco, e nos falava, sem o conhecermos, ardia-nos cá dentro o coração.

 Os dois voltaram a Jerusalém e contaram aos Apóstolos o que se tinha passado com eles. Nesse momento, Jesus apresentou-se no meio deles, e deu-lhes a paz. E fez-lhes uma espécie de catequese, para os fortalecer na fé: “Vede as minhas mãos e os meus pés”.

 Jesus abriu-lhes o entendimento, e recordou-lhes que tudo estava predito nas Escrituras. Assim os apóstolos se abriram a este mistério de Jesus ressuscitado, e ficaram a ser para nós testemunhos da ressurreição de Jesus.

  1. Jesus ressuscitado faz-nos testemunhas

Primeira leitura

São Pedro, após o Pentecostes, com a força do Espírito Santo, declara ao povo que Jesus ressuscitou. O Apóstolo apresenta a sua experiência sobre Jesus ressuscitado, e confirma: “e nós somos testemunhas disso”.  

Jesus não se mostrou directamente a nós, mas mostra-nos o seu rosto pelo testemunho dos apóstolos que viveram essa experiência.   

 Um pré-adolescente perguntou ao professor: “por que Jesus não aparece também a nós”? O professor ajudou-o a compreender que Jesus deixou-nos motivos e sinais para confiarmos na sua ressurreição. Jesus disse a Tomé: “Felizes os que acreditam sem terem visto”. 

  1. 3. Jesus ressuscitado abre-nos o caminho para um mundo novo.

 Segunda leitura

 Com Jesus ressuscitado começa um mundo novo. A esperança referida no Apocalipse, de “novos céus e nova terra” não é algo abstracto. A ressurreição de Cristo é a aurora de um mundo novo, de uma nova criação, que levará à plenitude as aspirações do amor, da justiça, da paz, da vida solidária. S. João, na sua primeira Carta, parece ter o coração nas mãos, ao dizer com afecto: “Meus filhos…”. E convida os leitores e ouvintes da sua carta a viverem sem pecado, a guardarem a palavra do Senhor.  

 A vida com Jesus encontra-se na Eucaristia. Recordo uma frase da Encíclica: A Igreja vive da Eucaristia: “A Eucaristia, presença salvífica de Jesus na comunidade dos fiéis e seu alimento espiritual é o que de mais precioso pode ter a Igreja no seu caminho ao longo da história”[1].

«Vivamos essa experiência dos primeiros discípulos, para que cada um de nós ouça Jesus: “Vós sois testemunhas de todas estas coisas”. Então sairemos da Eucaristia como saíram os discípulos de Emaús e iremos anunciar a presença ressuscitada do Senhor Jesus”»[2]  

P. António Gonçalves, SDB

[1] João Paulo II, Carte Encíclica A Igreja vive da Eucaristia, n. 9

[2] Manuel Clemente, O Evangelho e a vida, ano b, p. 112

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub