Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

04
Nov22

FALTA DE COMPROMISSO POLÍTICO PRODUZ MIGRANTES VÍTIMAS + ORIGEM DA BURKA - PROSTITUIÇÃO + HALLOWEN + CONGRESSO DO PARTIDO COMUNISTA CHINÊS


Oliveira

Pelo que contém de actual e oportuno, a COPAAEC propõe para leitura e reflexão mais alguns artigos do jornalista A. Cunha Justo.

(A. G. Pires)

FALTA DE COMPROMISSO POLÍTICO PRODUZ MIGRANTES VÍTIMAS

O Papa Francisco... criticou a falta de compromisso com as pessoas. “Estamos a tornar-nos mestres da complexidade, que falam muito, mas fazem menos”. Muitos dizem sim a tudo, mas no final resulta daí um não, por exemplo, quando se trata de acolher migrantes...

As grandes potências e oligarcas, com as suas tecnologias e produtos concorrentes, aniquila, muitas vezes, as indústrias e comércios indígenas; em vez de criar riqueza para proveito das populações locais, força as pessoas a emigrar.

Temos bom exemplo disso também em Portugal. As grandes nações europeias para darem escoamento aos seus produtos industriais e tecnológicos abriram os mercados aos produtos da China...

A sorte de Portugal é que encontra uma certa solidariedade da União Europeia que em compensação e para impedir o possível desenvolver-se de uma revolução popular (e a desintegração dos países da zona euro), se adiantou com a política dos “fundos perdidos” e a juros baixíssimos para os empréstimos estatais; doutro modo os Estados da periferia cairiam na falência imediata.

Países africanos encontram-se expostos à concorrência feroz que impede os mercados nativos de se afirmarem por si mesmos...

Quem ganha com a exploração sistémica somos todos nós, os que temos um nível social elevado, mas os que mais ganham com isto são as grandes multinacionais localizadas nas grandes potências, e as elites dos diversos países que não se veem motivadas a mitigar o sistema no sentido de maior justiça social e de prática democrática na relação entre povos e na distribuição de meios de produção e bens entre eles. Apesar das remessas dos emigrantes para o desenvolvimento de Portugal, é uma tragédia o facto de o povo português investir tanto na formação de académicos e muitos destes se virem obrigados a terem de emigrar para poderem melhorar o seu nível de vida!...

Deste modo a nossa camada social média vai fazer com que a camada baixa de países importadores desses emigrantes se torne menos baixa!

Nós podemos e temos o dever de importar imigrantes não só para equilibrarmos a nossa balança etária, mas também porque muito dos bens que temos se devem à exploração...

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=7933

_____________________________________________________

ORIGEM DA BURKA - PROSTITUIÇÃO

Estratégia de Ataturk para modernizar a Mulher

O traje islâmico tem a sua origem num culto à divindade Astarte (1), deusa do amor, da fertilidade e da sexualidade, na antiga Mesopotâmia (Fenícia).

Em homenagem à deusa do amor físico, todas as mulheres, sem excepção, tinham de se prostituir num determinado dia do ano, nos bosques sagrados, em redor do templo da deusa Astarte.

Para cumprirem o preceito divino sem serem reconhecidas, as mulheres de alta sociedade acostumaram-se, no dia da festa, a usar um longo véu em protecção da sua identidade.

Com base nessa origem histórica, Mustapha Kemal Atatürk, fundador da moderna Turquia (1923 – 1938), no quadro das profundas e revolucionárias reformas políticas, económica e culturais, que introduziu no país, desejoso de acabar de uma vez por todas com a burka, serviu-se de uma brilhante astúcia para calar a boca dos fundamentalistas da época.
Atatürk pôs definitivamente um fim à burka na Turquia com uma simples lei que determinava o seguinte: «Com efeito imediato, todas as mulheres turcas têm o direito de se vestirem como quiserem, no entanto todas as prostitutas devem usar a burka».

No dia seguinte, não havia ninguém de burca e niqab na Turquia. Hoje acentua-se o uso do lenço. Da prostituição institucional onde a mulher era, num dia, presa aberta para todos os homens, com Maomé o uso da BurKa ou do lenço, sinaliza que a mulher já pertence a algum homem ou se reduz a mero símbolo religioso.

É interessante que a Bíblia também faz referência à imoralidade do rei Salomão que pecou contra o seu Deus ao prestar culto à deusa Astarte (1 Reis 11,5). Os egípcios, mais tarde, deram-lhe o nome de Isis, e os gregos de Afrodite e Hera.

António da Cunha Duarte Justo

Teólogo e Pedagogo

Pegadas do Tempo

Texto completo (2014) em http://antonio-justo.eu/?p=2826

__________

PODER RENOVADOR DA MULHER:

 https://triplov.com/letras/Antonio-Justo/2009/mulher.htm

________________________________________

O DIA DE TODOS OS SANTOS

– O DIA DE TODAS AS ALMAS - E O HALLOWEN

A Igreja católica celebra a 1 de novembro todos os santos, não só os conhecidos canonizados, mas todos os outros.  No Martyrologium Romanum estão registados 6650 santos e beatos e 7400 mártires. A celebração comemorativa remonta ao século IV.

Todas as pessoas falecidas que viveram as suas vidas para o bem e com o sentido em Deus são celebradas.

No dia seguinte, 2 de Novembro, a Igreja Católica celebra o Dia de Todas as Almas. Em novembro são assim celebrados todos os mortos como fazendo parte da mesma comunidade!

Na noite 31 de Outubro, celebra-se o Halloween. O termo "Halloween" vem da expressão "Véspera do Dia de Todos os Santos" em que os celtas celebravam o rito de morte. Os irlandeses integraram nos seus rituais a celebração de „Halloween" (lembrança colectiva) que integra alguns costumes celtas (Samhain, onde se sacrificavam crianças e virgens) que celebravam a morte.

Os irlandeses ao emigrarem para os EUA levaram consigo este costume que nos anos 90 se tornou parte da cultura americana!

A mistura de rituais celtas de reminiscência bárbara de culto da morte (tem a ver com o processo de aculturação e inculturação no encontro de costumes entre povos). A integração do rito Halloween na cultura americana pretende certamente incitar as lembranças americanas inconscientes também elas comuns a velhas práticas indígenas.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=7930

 __________________________________

O 20.° CONGRESSO DO PARTIDO COMUNISTA CHINÊS

PERPETUA XI JINPIN NO PODER

O partido chinês (2.000 Delegados) alarga os poderes de Xi  para o próximo quinquénio, enfraquecendo para isso a direcção colectiva em favor de Xi Jinping (secretário geral e presidente da China) de maneira a este ter poderes quase absolutos; esta estratégia adoptada revela-se como tentativa “adequada e eficiente” de dar resposta autoritária aos problemas internos e externos e de fortalecer a economia chinesa que deve ser orientada no sentido da segurança chinesa.

A regra determina que os altos funcionários com 68 anos ou mais na época do congresso se aposentem. O mandato de Xi é prolongado apesar de ter 69 anos. O controle sobre o partido, o Estado e os militares permitem-lhe poderes de ditaduras (1).

Os poderes dados a Xi pelo partido possibilitam a China a existir sem Indecisões e sem  o mundo!

Deng Xiaoping em 1982 revolucionou o comunismo de Mao Tsé-Tung criando a forma específica do socialismo chinês que compatibilizou o socialismo de Estado com o capitalismo liberal ocidental numa institucionalização dictatorial. A China ao compatibilizar a ideologia socialista com as linhas do capitalismo como forma de domínio, possibilitou a sua posição mundial relevante na competição com o capitalismo que motivado pela globalização a ajudou. Como grande potência e ditadura consegue fazê-lo de maneira a poder afirmar-se em desvantagem de outros sistemas. O capitalismo dos privados encontra-se em posição fraca em relação ao Capitalismo de Estado chinês.

Taiwan, entre interesses capitalistas e socialistas, passa a ter de temer mais a pressão chinesa; Taiwan continua submetida aos interesses da China como a Ucrânia aos interesses da OTAN e da Federação russa.

Nesta perspectiva a raiva e não o entendimento continuará a governar o mundo.

António da Cunha Duarte Justo

Nota em Pegadas do Tempo, https://antonio-justo.eu/?p=7881

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub