Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

01
Jun21

AMA-ME COMO ÉS


Oliveira

Partilho o texto da meditação de ontem para a oração do terço do C. Tolentino, enviado pelo Ir. Manuel Silva.

(A. Oliveira)

Não importa sermos pequenos. Não importa de que errâncias chegamos. Deus está sempre disposto a procurar-nos e a encher-nos de uma medida transbordante de amor. E repete-nos: «Ama-me como és, a cada instante e na posição em que te encontras, no fervor ou na secura, na fidelidade ou na infidelidade. Se tu esperas tornar-te primeiro perfeito para então começares a amar-me, não me amarás nunca. Eu só não te permito uma coisa: que não me ames. Ama-me, tal como és. Eu quero o teu coração esfarrapado, o teu olhar indigente, as tuas mãos vazias e pobres. Eu amo-te até ao fundo da tua fraqueza. Eu amo o amor dos pobres. Eu quero ver, no fundo da tua miséria, crescer o amor e só o amor. Se para amar-me tu esperas primeiro ser perfeito, nunca me amarás. Ama-me como és!»

O amor de Deus não é um amor abstracto ou sem destinatário: é um amor a ti. É um amor real que podes experimentar qualquer que seja o momento que estejas a viver. O amor de Deus é um acto eterno e sem medida de compaixão em teu favor. Jesus abraça a tua condição, a tua inconsistência, abraça o que gostas e o que não gostas em ti, abraça o que lamentas que tenha acontecido ou aquilo a que simplesmente não tenhas chegado. Deus aceita ser provado em tudo para abraçar tudo em ti. Ele repete: «Eu estou sempre a teu lado, mesmo quando não te dás conta; nunca nada te separou do meu amor. Quando compreenderes a natureza do Meu amor – diz Deus -, descobrirás o infinito em ti».

Cardeal José Tolentino de Mendonça
31.05.2021

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub