Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

22
Set20

ACEITAMOS A VIDA NO SEU MISTÉRIO


Oliveira

Partilho uma reflexão do Cardeal Tolentino de Mendonça.

A Oliveira

Afadigamo-nos para encontrar para cada uma das nossas perguntas uma resposta e assim nos nos esquecemos do essencial. Isto é: que Deus conhece as nossas perguntas escondidas, mesmo aquelas para as quais nem palavras temos; que na vida mais do que encontrar soluções e saídas nós precisamos de acolher as oportunidades para aprofundá-la, bebendo o cálice até ao fim; e que, de tantas formas, em mil línguas diferentes, o que Deus nos está a dizer agora é que aceitemos a vida no seu mistério, que abracemos esta vida que é maior do que nós, colaborando na sua gestação precisamente como Maria o fez.

Afadigamo-nos a moldar o quotidiano como um exercício de contabilidade e assim nos afastamos do essencial. Isto é: que Deus nos chama a ser gratuitos e transbordantes, a nós que tantas vezes parece que só sabemos amar a conta gotas; que Deus nos desafia a anteciparmo-nos no dom, a nós retardamos continuamente a hora da entrega; e que Deus, mais do que administradores de celeiros inúteis,
quer que sejamos apaixonados buscadores sedentos, sem medo daquela pobreza de coração sem a qual não existe confiança verdadeira, precisamente como Maria o fez.

Afadigamo-nos a esconder as próprias feridas e assim nos afastamos do essencial. Isto é: que Deus é capaz de nos curar; está pronto a nos curar das escolhas inconsistentes que realizamos, dos objetivos que sem sabedoria nos impomos como meta, das frágeis paixões tristes em que nos perdemos; inclina-se para nós para nos curar deste vício de ver só uma parte e não reparar no todo, de olhar a superfície em vez de arriscar contemplar a existência por dentro, precisamente como Maria o fez.

P.Tolentino

21.09.20

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub