Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

17
Fev22

7.º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO C


Oliveira

Proposta de Homilia para o 7.º Domingo do Tempo comum – ANO C - 2022

Amor e Perdão geram comunidade nova

Domingo, 20 de Fevereiro de 2022

     Irmãs e irmãos, as leituras de hoje levam-nos a esta pergunta: Somos capazes de perdoar? Dois caminhos. É a reflexão que podemos fazer.

  1. Perdoar - evitar a vingança

      Primeira leitura

      Quando alguém nos ofende, qual é a reacção que pode nascer em nós? É talvez o ajuste contas, ou a vingança. Porém, a Palavra de Deus apresenta-nos outro caminho: o perdão. Um caminho custoso, mas apontado por Deus: o perdão. Esta virtude leva-nos a afastar de nós a vingança, o ódio, o desejar mal. Temos um exemplo na primeira leitura, do livro de Samuel.

      O autor coloca diante dos nossos olhos o exemplo de David que teve ocasião de se vingar do seu inimigo, o rei Saul. Mas não o fez, teve um gesto de perdão, ficando a ser chamado o santo rei David.    

     Quem perdoa afasta de si o ódio, faz um gesto de nobreza, de dignidade humana, de valor divino. Não fica humilhado.

       Por este caminho de perdão, caminho de Deus, construímos a comunidade nova, comunidade do amor, para uma civilização da paz e concórdia. É o crescimento da vida de fé do povo de Deus.

  1. Perdão – caminho proposto por Jesus

     Evangelho

     O Evangelho de hoje é particularmente sobre o perdão: “Amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam…  Então será grande a vossa recompensa e sereis filhos do Altíssimo

     Caminho não fácil. E qual força para o seguir? Temos uma força sobrenatural: a Eucaristia, o Pão da vida. Quem comunga, recebe a força para este caminho: “orai por aqueles que vos injuriam”.

     Jesus empenha-se em mostrar-nos este caminho. Ficamos admirados com esta abundante explicação, que representa o que Ele é: Jesus: amor e perdão. E assim o mostrou na Cruz: “Pai, perdoa-lhes”.

  1. Perdão – imagem do homem celeste

     Segunda leitura

     Na primeira carta aos Coríntios, S. Paulo diz-nos isto: Assim como trazemos em nós a imagem do homem terreno, procuremos também trazer em nós a imagem do homem celeste”.

     O homem celeste é o próprio Jesus ressuscitado. Um pouco antes desta página que lemos hoje, o apóstolo anima os cristãos na ressurreição de Jesus, motivo da nossa maior esperança e alegria. “Jesus ressuscitou ao terceiro dia, e apareceu a Pedro e depois aos Doze”. Jesus ressuscitado é a certeza da nossa ressurreição. Ora, quem vive o perdão está na humanidade nova de Jesus ressuscitado, já nesta vida.

     Santa Teresa do Menino Jesus, santa da espiritualidade simples, disse estas palavras que se encontram no livro da sua vida: “Quero passar o Céu, a fazer bem sobre a Terra. Não olharei para as almas somente, mas hei de descer para junto delas. Vai começar a minha missão que é ensinar os homens a amar a Deus como eu o amo”. É assim quem vive o caminho do Senhor, o perdão.

Pe. António Gonçalves, SDB

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub