Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

11
Fev23

6.º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO A


Oliveira

Sugestão da homilia para o sexto Domingo do Tempo Comum - ANO A - 2023 

A Lei Nova de Jesus

Domingo, 12 de Fevereiro de 2023

  1. A lei de Deus no Antigo Testamento

          Primeira leitura

      “Oxalá meus caminhos sejam firmes na observância dos vossos decretos”, e “ditoso o que anda na lei do Senhor” (Sl 118). Palavras da Lei antiga, antes de Jesus.

     Moisés recebeu no monte Sinai os dez mandamentos: “amar a Deus sobre todas as coisas, não matar, não furtar, honrar pai e mãe, santificar os dias do senhor…”. Esta lei orientou o povo durante muitos anos.  Era guardada na Arca da Aliança, e transportada em procissão. Os profetas são fonte de espiritualidade.

   O sábio escriva, Ben-Sirá. Diz-nos: “acreditamos que a Lei do Senhor ilumina o nosso caminho, para melhor andarmos na sua presença”.  

     Esta Lei foi alimento espiritual do povo. Mas não era completa.  

  1. A lei de Deus em Jesus é o amor

   Evangelho

    “Foi dito aos antigos… Eu, porém, digo-vos…”. Palavras de Jesus, a indicar-nos que Ele trouxe ao mundo uma nova Lei, aperfeiçoando a antiga lei de Moisés. Foi Jesus que disse a São Pedro: “devemos perdoar não sete vezes, mas setenta vezes sete”, isto é, sempre. Nova visão para a vida, a partir do amor. Temos exemplos de quem vive dessa nova Lei:

     Uma pequena reflexão do Papa Francisco, na Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho”: “Penso na fé firme das mães ao pé da cama do filho doente, [as mães] que se agarram a um terço…; ou na carga imensa de esperança contida numa vela que se acende, numa casa humilde, para pedir ajuda a Maria; ou nos olhares de profundo amor a Cristo crucificado” (n. 125-126). A lei a partir do coração. Para vivermos a Lei de Jesus é preciso amor, porque no amor está a Verdade.

          Conta um biógrafo de Madre Tersa de Calcutá: estávamos com Madre Teresa no aeroporto quando uma jovem lhe perguntou: 

     - Madre Teresa, você viaja sempre sozinha?

     Ela esboçou um suave sorriso e respondeu:

     - Somos sempre três a viajar: Jesus, o Anjo da Guarda e eu (P. Januário, Teresa… p. 95).

     Esta resposta identifica a Lei de Jesus com a vida da pessoa com Deus. É a palavra que nos leva ao abraço de Jesus, à comunhão com Ele, a viver a esperança, a ter vida.

     A Lei nova de Jesus está no amor. Lembramos este facto do Evangelho: uma mulher adúltera ia ser apedrejada até à morte. Mas Jesus desmascarou os acusadores que se afastaram, envergonhados. Quanto à mulher, ela ouviu de Jesus palavras de perdão, “não te condeno” e disse-lhe par não pecar (João, 8,11).

     A Lei Nova está na pregação de Jesus, no seu amor, na Graça que santifica. São Paulo teve de lutar para as pessoas aderirem à Lei nova, à Fé em Jesus Ressuscitado (cf. Carta aos Romano e Carta aos Gálatas).  A lei nova é a que nós temos, quando recebemos o Baptismo. Revestimo-nos de Jesus Cristo. Disse São Paulo:  “Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim” (Gálatas, 2, 20)

     A Lei nova trazida por Jesus: o perdão, o diálogo, o serviço, a atenção aos pobres, a acolher os isolados, a esquecer as ofensas. “Vai e faz o mesmo”, disse Jesus na parábola do bom samaritano.

  1. A lei de Deus-amor tem recompensa

    Segunda leitura

     São Paulo, escrevendo aos cristãos de Corinto, convida-os a olhar para o mistério de Deus-amor, que tem para nós uma recompensa incalculável. Exclama o apóstolo: “nem os olhos viram, nem os ouvidos escutaram, nem jamais passou pelo pensamento do homem o que Deus prepara para aqueles que o amam” (1 Cor 2, 6-10). Paulo abre o nosso olhar para a lei do amor, e para a recompensa que Deus, no seu amor. Jesus espera o nosso amor, e amor à sua Lei.

Pe. António Gonçalves, SDB

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub