Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

22
Jan22

3.º DOMINGO DO TEMPO COMUM- ANO C


Oliveira

Proposta de Homilia para o 3.º Domingo do Tempo comum – ANO C - 2022

Palavra de Deus e comunidade que escuta

Domingo, 23 de Janeirro de 2022

     Irmãos, as leituras deste Domingo colocam o nosso olhar sobre a importância da Palavra de Deus, para a comunidade que escuta.  

  1. A Palavra de Deus, com lágrimas de alegria

    Primeira leitura

     Vemos na primeira leitura que o sacerdote Esdras, do Antigo Testamento, num sábado, colocou um estrado na praça, para ser ouvido; abriu o livro e começou a ler com muita solenidade, e explicava a leitura “perante a assembleia de homens e mulheres e todos os que eram capazes de compreender”. É muito interessante a seguinte informação: “Todo o povo ouvia atentamente a leitura do Livro de Lei e dos Profetas”. O povo esteve ali “a escutar desde manhã até ao meio dia”.

     Nós podemos perguntar: por que fez grande festa o sacerdote Esdras, e todo o povo que escutava atentamente? O povo tinha regressado do exílio da Babilónia, estava na sua terra, motivo de grande júbilo.

     Vemos nesta cena uma comunidade que se deixa interpelar, que confronta a sua vida com a Palavra de Deus, e sente a urgência da conversão. A Palavra é eficaz e provoca a transformação da vida. A Palavra de Deus dirige-se a todos, interpela a todos.

       Foi um dia de festa, e o sacerdote Esdras convidou as pessoas a terem uma boa refeição, dizendo: “Hoje é um dia consagrado ao Senhor”. O povo compreendeu que na Palavra, Deus revelou-se como libertador.

     Irmãos, esse dia de sábado é para nós o domingo, em memória da ressurreição de Jesus. Esta narrativa leva-nos a apreciar a Palavra de Deus, que é libertadora e portadora de luz e de animação, que nós podemos escutar na liturgia da Eucaristia.

  1. A Palavra de Deus no centro da vida cristã

    Evangelho

     Muitos anos depois, o Evangelho apresenta Jesus Cristo como a Palavra que se fez Homem no meio de nós. Jesus leu na Sinagoga a passagem do profeta Isaías que diz: “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para anunciar a boa nova aos pobres… a proclamar a redenção aos cativos…a dar vista aos cegos… a liberdade aos oprimidos”. E Jesus acrescentou: “Cumpriu-se hoje esta profecia”.

     A sua Palavra é a Boa Nova. O mundo tem fome dessa palavra, para ter mais Luz, mais Verdade, mais Vida Nova. O homem, sem a palavra de Deus corre o perigo de tornar-se menos homem. O Papa Francisco ofereceu-nos a Exortação Apostólica “A Alegria do Evangelho”, para nos animar na escuta e na proclamação da Palavra da Vida. Diz logo no início: “A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus”.

     E cada um de nós deve tornar-se anunciador dessa Palavra. O hoje que Jesus pronunciou ao dizer: cumpriu-se hoje esta passagem da Escritura, é o hoje de cada um de nós e de sempre.  

     Sentimo-nos ungidos pelo Espírito Santo, enviados a anunciar a libertação de toda a espécie de prisões. Nós somos anunciadores de vida nova. A Palavra de Deus transforma o mundo…  

  1. A Palavra de Deus cria união

     Segunda leitura

      São Paulo escreveu aos Coríntios: “Vós sois o corpo de Cristo e seus membros, cada um na sua parte.”

Um convite à união ou comunhão, visto que somos membros do corpo de Cristo. A Palavra de Deus conduz à comunhão.

     O Senhor concede a cada pessoa dons particulares, para servirmos uns aos outros como membros de um só corpo. A palavra de Deus deve encontrar acolhimento em nossos corações. Que seria o mundo sem esta luz e este alimento? Amemos este dom precioso da Palavra de Deus.

Pe. António Gonçalves, SDB

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub