Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

30
Set22

27.º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO C


Oliveira

Sugestão da homilia para o vigésimo sétimo Domingo do Tempo Comum - ANO C - 2022

Fé e Confiança

Domingo, 2 de Outubro de 2022

       Irmãs e irmãos, desejo de que se encontrem bem. E que esta palavra nos renove.

  1. Fé e oração

     Evangelho

     “Os apóstolos disseram a Jesus: aumenta a nossa fé”. Bela oração que nasceu do coração e dos lábios dos Apóstolos. Um pedido grande como o céu. Podemos perguntar: o que é ter fé?   Habitualmente dizemos que é acreditar em Deus. É mais do que isso. É viver com Jesus; a fé torna-se a raiz da vida cristã. Os apóstolos perceberam alguma coisa, não muito, do que Jesus explicou; por isso pediram: “Senhor, aumenta a nossa fé”. E tendo fé, temos confiança. “Sei em quem pus a confiança”, afirmou São Paulo (2 Tim 1,12). Paulo sentia-se unido a Jesus ressuscitado.    

       Recordo uma linda imagem de madre Teresa de Calcutá, numa visita a Portugal. Conhecendo o trabalho dela pelos doentes e pobres, alguém lhe perguntou: - “Como encontra força para tanto sacrifício?”. Ela, elevando a mão para o alto, só disse uma palavra, em inglês: “Jesus”. Recordo essa imagem.

     Irmãos, vivendo a fé e a confiança em Jesus estamos a transformar o mundo para melhor, pois a fé conduz ao amor. Estamos a colaborar para o Reino de Deus. Jesus atendeu o pedido dos Apóstolos, dizendo como é importante ter fé, “capaz de transportar montanhas”.

       Temos um esclarecimento muito útil, do Papa Francisco: “A fé não é luz que dissipa todas as nossas trevas, mas é lâmpada que guia os nossos passos na noite, e isto basta para o caminho” (Lumen Fidei, n. 57). Que o Senhor aumente a nossa fé! 

  1. Fé e Confiança

     Primeira leitura

     Vemos na primeira leitura o profeta Habacuc a apresentar interrogações a Deus, rezando assim: Até quando, Senhor, chamarei por Vós, e não me ouvis? Deus aconselhou o profeta a ter fé.  E diz esta frase importante: “O justo viverá pela fé”. Quer dizer que a fé dá vida, e sem fé não estamos vivos. A reflexão de Habacuc leva-nos a abrir o coração à fé e à confiança. Estes dois aspectos da vida cristã, fé e confiança, encontram-se juntos nas leituras de hoje. O profeta Habacuc dirigiu-se a Deus, e Deus respondeu-lhe: “O justo viverá pela fé”. Pela fé e confiança dizia Santa Teresa de Ávila: “Nada te perturbe, nada te espante, só Deus basta”. Assim Teresa manifesta a sua confiança em Deus.

  1. Fé e boas obras

     Segunda leitura

     A segunda leitura mostra-nos São Paulo a animar o seu amigo Timóteo; foi Paulo quem o ordenou Bispo. E para quê? Para manter sólida a coluna da fé. Com a fé temos confiança e coragem para as boas obras. Diz assim o Apóstolo: “O homem de Deus será perfeito para todas as boas obras”. Paulo quer ver Timóteo como um bom animador da comunidade. Diz ainda Paulo a Timóteo: caríssimo, exorto-te a que reanimes o dom que recebeste pelas minhas mãos… Sofre comigo pelo evangelho confiado no poder de Deus”. Paulo estava preso em Roma. E sofrendo na prisão, animava Timóteo.

     Todo o dirigente, mestre, pai e mãe de família, médico, docente, trabalhador… precisam desta confiança em Deus que nos atende. “O Senhor é meu Pastor, nada me há de faltar” (Salmo 23).

Pe. António Gonçalves, SDB

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub