Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

Espaço aberto a comunicações de antigos alunos do ensino católico em Portugal.

CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ANTIGOS/AS ALUNOS/AS DO ENSINO CATÓLICO

02
Out21

27.º DOMINGO do TEMPO COMUM - Ano B


Oliveira

Proposta de Homilia para o 27.º Domingo do Tempo Comum – ANO B - 2021

Matrimónio, sacramento do amor

Domingo, 3 de Outubro de 2021

     Irmãs e irmãos, é grande a riqueza do matrimónio. As leituras convidam-nos a meditar.

  1. O matrimónio, sacramento do amor, entre marido, esposa e filhos

     Primeira leitura

     Eu penso que as nossas famílias conhecem o sentido sagrado do matrimónio. A primeira leitura, do Génesis, coloca-nos nesse ambiente religioso, e realça os seguintes aspectos:

    Deus criou o homem e a mulher para se amarem e ajudarem mutuamente no matrimónio: “Não é bom que homem fique só, vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a ele”. Nesta frase está a dignidade da mulher, semelhante à dignidade do homem.

       Outra luz é a união do homem e da mulher pelo amor: formam uma comunidade de amor. Refere o texto: “E os dois serão um só”.

     Conhecendo que a família é um projecto de Deus para a humanidade, vemos neste sacramento o santuário sagrado, onde podem nascer e crescer os filhos, como dom de Deus. Grande é o matrimónio. Por isso, o homem e a mulher devem colocar no centro da sua vida a comunhão, a ajuda, o amor, e também a oração. 

  1. O matrimónio, sacramento de alegria

     A Alegria do amor

     O Papa Francisco deu-nos a Exortação Apostólica: “Amoris Laetitia” – “A Alegria do Amor”. Duas palavras relativas à família: alegria e amor. Um projecto de Deus, deve ser visto com estas duas palavras: alegria e amor, como resposta ao projecto de Deus: um dom.

      A primeira frase do Papa Francisco na referida Exortação Apostólica é esta: “A ALEGRIA DO AMOR que se vive nas famílias é também o júbilo da Igreja”.

     Jesus quis nascer numa família, para criar um mundo novo, feito de esperança, amor, vida com Deus. Cada família poderia ter em casa um “cantinho de oração”

     O capítulo IV da Exortação Apostólica do Papa tem por título: “O Amor no matrimónio”. Cito breves passagens ou simples palavras como normas para esse amor: “o crescimento…do amor conjugal e familiar”; “A paciência”; “O serviço”; “a amabilidade”; “o desprendimento”;  “o Perdão”; “alegrar-se com os outros”;  falar bem um do outro”; “a vida toda, tudo em comum”; “o diálogo”; “Deus ama a alegria de seus filhos”.

  1. O matrimónio, um projecto de Deus

     Evangelho

     O Evangelho deste domingo apresenta-nos o projeto ideal de Deus para o homem e para a mulher: eles são convidados a viver um com o outro em comunhão total, dando-se um ao outro, partilhando a vida, unidos por um amor mais forte do que qualquer outro vínculo. Como Jesus vê o matrimónio? uma frase conhecida por todos: “Não separe o homem o que Deus uniu”.  

     Desejaria contar um pequeno facto de vida, um exemplo, uma pequena história: Vários anos após a ordenação sacerdotal, o padre José Sarto foi sagrado bispo de Mântua, na Itália. Dona Margarida, sua mãe, tinha já 79 anos e, devido à pouca saúde, não pôde estar presente na sagração episcopal. Logo que terminou a celebração, dom José Sarto foi visitar a mãe. Mostrando-lhe no dedo o anel de bispo que havia recebido, ele disse: "Veja, mamã, que bonito o anel que eu ganhei". Dona Margarida levantou sua mão cansada, mostrou-lhe sua aliança de casamento e disse: "Se não fosse este anel aqui, filho, você não teria ganhado esse aí!"[1]. José Sarto veio a ser o Papa Pio X.

     Irmãos, que fique em nosso coração a grande estima pela família, que nasceu de Deus, e deve viver no amor.

P. António Gonçalves, SDB

[1] Internet: Historinha do anel do bispo                                                                      

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub